Gaboardi e Gomes

Administração de Condomínios em Pinheiros

Risco todo nosso 30 dias gratuito de nossos serviços

Pague apenas se gostar .

Depoimento clientes administração condominial


Bem avaliada pelos clientes

Nossa empresa preza pelo atendimento ao cliente.

Pode ser desgastante pagar pelo serviço de uma administradora de condomínio que não tem o domínio do que precisa para prestar o serviço com excelência.

Aplicativo Proprio

Acreditamos que para uma boa gestão de condomínios uma aplicativo com funções na palma da mão pode ser a diferença para nossos condôminos.

Assumimos todo o Risco ?

Sim durante os 30 primeiros dias assumimos todos os riscos e oferecemos gratuidade de mão de obra pois confiamos muito em nossa capacidade técnica em levar um bom trabalho a nossos cliente.

Experiência no Mercado

Experiência humana que nos diferencia da concorrência na maneira de lidar com os problemas e promover soluções a nossos clientes.

F.A.Q.

Perguntas Frequentes

Tem algumas dúvida que não se encontra aqui?

Perguntas frequentes gerais

O valor cobrado por uma administradora de condomínio pode variar de 3 a 7% das despesas condominiais, onde fatores como tamanho do condomínio, número de unidades e de funcionários, assim como a localização na cidade são levados em consideração. Além disso, podem ser contratados serviços extras, o que incidiria no valor final.

A administração de condomínio é responsável por dar todo o suporte em questões administrativas, burocráticas e gestão financeira. Por exemplo, elaboração de folha de pagamento, emitir boletos, contabilizar receitas e despesas, contratar funcionários, enfim, tudo o que um condomínio precisa para funcionar da melhor maneira possível.

condomínios residenciais são nossa especialidade

A taxa de administração de condomínio pode variar entre 3% a 7% do valor das despesas condominiais. Por exemplo, um condomínio tem gastos mensais de R$ 40 mil. Quanto cobra uma administradora de condomínio nesse caso? O custo deve ficar entre R$ 1,2 mil a R$ 2,8 mil

A principal função de uma administradora de condomínios é auxiliar o síndico na gestão condominial. Portanto, essas empresas não substituem o trabalho do gestor, mas prestam o suporte necessário para que o desenvolvimento das atividades seja satisfatório

Dentro de novas politicas de gestão de condomínios podemos falar sobre Gestão financeira do condomínio, previsão orçamentária e gestão financeira dos condomínios ou seja administrar as contas e promover previsões de custos futuros.

Valor médio do metro quadrado dos Apartamentos
Pinheiros, Zona Oeste – São Paulo
DormitóriosVagas de GaragemValor do m²
Kitnet e 1SEM VAGAR$ 8.550,00
1, 2 e 31R$ 10.900,00
2 e 32R$ 12.230,00
3 e 43R$ 12.640,00
4 ou mais4 ou maisR$ 13.320,00

Dados Abril 2020
Portal ZO Imóvel

-23.562903,-46.6904739

Condomínios e Síndicos

Cabe à administração de condomínio dar todo o suporte ao síndico nas áreas administrativa, contábil e de recursos humanos, ou seja, desde confeccionar boletos, arquivar documentos, prestar assessoria em assembleias até auxiliar o síndico nas tomadas de decisão. Para isso, conta com uma equipe especializada em todas as áreas.

A taxa da empresas de administração de condomínio é rateada entre todos os moradores, cujo valor vem no boleto condominial. Como é um custo fixo já acordado entre administradora e condomínio, o valor que cabe a cada condômino também é fixo. No entanto, é preciso prestar atenção ao contrato, pois taxas extras podem ser cobradas.

Quem contrata o síndico profissional? Como em uma eleição de síndico entre moradores, que é realizada através de assembleia geral ordinária própria para esse fim, a eleição do síndico profissional pode ser feita mediante aprovação da maioria simples dos condôminos.

As competências do síndico estão listadas no Novo Código Civil de 11 de janeiro de 2003, no artigo 1.348. De acordo com esse código, a alternativa que não representa uma competência do síndico é a a) Presidir as assembleias ordinárias e extraordinárias.

A convenção condominial é o documento que reúne as principais regras de convivência e de administração do condomínio. É a convenção que determina como o condomínio deverá ser gerenciado, organizando a vida no local e o trabalho do síndico.

convenção de condomínio é responsável pelas questões como descrição de áreas privativas comuns, rateio de despesas, regras e assembleias, deliberações, formação de quóruns entre outros. Já o regimento interno, é responsável por questões de convivência

Ainda tem dúvidas?

Entre em Contato conosco

Estamos aguardando o seu contato.

Tem mais

Dúvidas

Entre em contato conosco.